segunda-feira, 25 de abril de 2011

Na raça e técnica, Inter vence com um a menos e decide em casa

O Colorado foi brilhante em Caxias do Sul, aliás, os COLORADOS. Mesmo jogando em território inimigo, quem comandou a festa e empurrou o time foi a torcida colorado presente em Caxias: cantou mais alto a maioria do tempo e mostrou que faz a diferença mesmo longe do Gigante.

E gigante foram os jogadores alvi-rubros que mesmo atuando com um a menos em boa parte do 2° tempo, mandou no jogo e venceu por 2 a 1.

Bolatti e Tinga marcaram. Agora, a Academia do Povo enfrenta o arquirrival Grêmio na finalíssima. E somente uma vitória vermelho mantém o Campeão de Tudo em condições de conquistar o seu 40° Estadual.

Mas antes disso, o esquadrão de Falcão & Cia volta a pensar na Libertadores da América. Nesta quinta, o Maior do Sul estará em Montevidéu para enfrentar o Peñarol, pela partida de ida das oitavas de final da competição continental.

Superior em praticamente toda a partida, o Colorado marcou com Bolatti em lindo chute de fora da área, mas mesmo assim, não conseguia traduzir a superioridade vermelha em chances de gol. Assim, os caxienses empataram em falta duvidosa ainda no primeiro tempo.

Na 2° etapa, o Inter começou sofrendo um pequeno sufoco do Juventude, que ameaçou com algumas jogadas, mas não durou mais que 10 minutos, após isso, Oscar, Andrezinho e Guiñazu comandaram o alvi-rubro que mesmo com um a menos, foi superior em todos os sentidos: na técnica e raça, e o gol da vitória veio em jogada fenomenal de Damião, que tocou para Tinga de cabeça marcar.

Fonte: SCInternacional

Que partida! Acompanhei segundo a segundo o jogo que foi bem equilibrado, mas o Inter mostrou sua superioridade e venceu bonito. Mas que golaço de Bolatti! Ou melhor, Golatti, como diz o Jornal Olé. E Damião? Que linda lambreta ein? Só podia terminar em gol.

Sofri um pouco, confesso, pois ganhando de apenas 2 x 1, o Juventude podia empatar e a vaga ser decidida nos pênaltis! Ah! Odeio quando vai para os pênaltis! Mas tudo correu bem, e o Inter soube se defender.

E como não escrever aqui, a bonita fala de Tinga, quando os jogadores se uniram no final da partida: "Ninguém ganha da gente!", disse ele, demonstrando que a união dessa equipe vai fazer a diferença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa fanpage!