Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2012

Dátolo revela desconhecimento de regra e admite que pode deixar Inter

Contratado no início da temporada de 2012, o meia argentino Jesús Dátolo caiu nas graças do torcedor colorado logo no primeiro jogo com a camisa do Internacional. A partida de estreia foi diante do arquirrival Grêmio, que acabou empatado por 2 a 2, no Estádio Olímpico, pelo primeiro turno do Campeonato Gaúcho.

No primeiro chute que deu com a camisa vermelha, o argentino fez o seu primeiro gol. Tudo indicava que o tento seria um sinal dos deuses do futebol de que o novo reforço colorado seguiria os mesmos passos de Andrés D'Alessandro, atual ídolo do Inter que sempre teve sucesso em clássicos.

Contudo, o caminho de Dátolo não tem sido tão fácil no Estádio Beira-Rio. Até o momento foram 26 jogos, com 10 gols marcados. O meia passou dois meses se recuperando de uma cirurgia no púbis e, nos últimos confrontos, com as escalações de Guiñazu, D'Alessandro e Forlán, foi preterido.

A regra de no máximo três estrangeiros permitidos por partida no futebol brasileiro irrita…

Troco Forlán por Dátolo sem pensar duas vezes

Observando o jogo de ontem, vejo que Dátolo não pode perder posição para Forlán. Manter Diego Forlán no time é suicídio. Sim, muitos vão reclamar comigo sobre o que eu disse há um tempo atrás quando ele chegou, mas cá entre nós, é o jogador mais desligado que nós temos dentro de campo. E não adianta negar, vejam os números e saberão que de 20 passes errados do Inter, ele é responsável por 15.

Ele marcou o gol. Ok. E daí? Jogou muito mal, se posicionou mal, tá devendo muito futebol ao Internacional. Trocaria ele por Dátolo sem pensar duas vezes. Dátolo, que foi a grande contratação da temporada para mim, é o cara que deve estar em campo ajudando a criação ao lado de D'ale. Eu falo isso desde o início do ano, quando Oscar também estava aqui. Forlán tem se mostrado lento, indisposto e cansado. Isso me incomoda demais.

No geral, Fred, D'ale, Fabrício e Guiñazu como sempre, jogaram bem. Quero mesmo acreditar que as críticas que Fernandão fez na semana passada atingiu o grupo de for…

Agora vai?

"Entramos em uma zona de conforto. Ela tem que acabar. Já tínhamos diagnosticado isso há um tempo. Hoje foi uma resposta bem clara. A culpa é toda minha. É difícil chegar à beira do campo do Beira-Rio e rezar para saber qual time estará em campo. Ou sai da zona de conforto ou começo a trocar as peças. Tive vergonha, a torcida tinha razão naquele momento. Era de se xingar, vaiar. Queria estar em qualquer lugar da terra, menos onde estava. Não sei se o Inter precisa de um treinador amigo nesse momento. Se for preciso, serei inimigo deles para fazer esse time jogar." - Fernandão.

Faço das palavras desse ídolo, as minhas. Está na hora de alguém arrumar essa bagunça que está o vestiário colorado. Se ele conseguir, será lembrado por mais uma feito histórico. Não vou comentar sobre o "jogo" de ontem, pois todos sabem que não vale a pena.

O problema vem de cima

Infelizmente o ano acabou para nós. Não há mais razões para lutarmos por algo de um porte que não condiz com o fraco planejamento que a diretoria fez neste ano. E não só em 2012. O Inter está perdido dentro de campo desde a conquista do bi campeonato da libertadores, em 2010. Se for para dar nomes ao problema, chamaria de... Giovanni Luiggi.

Juntando toda a jornada dele no comando do clube, temos grandes e estúpidos fracassos. Uma delas, está o caso com a Andrade Guttierrez, que precisou da interferência da presidente da república. Se Dilma não tivesse interferido no caso, seríamos sede da copa do mundo? (e grande coisa ser sede da copa do mundo!)

E mais: quem vai ao Beira-Rio está gostando de ver o cenário catastrófico a que nosso estádio está submetido? Tem certeza de que não seria melhor irmos para um estádio com menor capacidade, porém com a pressão maior da torcida sobre os adversários?

Outro caso foi a venda de Oscar. Luiggi veio com aquele discurso sem embasamento de que o guri…

Procura-se o futebol do Inter

Nova novela das 9!

Acho que essa novela não vai dar muito audiência!

Duvidoso demais

Sempre há um impecilho para que haja vitória do Inter contra esses times paulistas. A arbitragem de ontem foi tãoo vergonhosa que já sabemos o motivo real do Inter, desde 2005, não ter mais vencido um brasileirão. O Juiz não deixa.

O Inter começou muito bem o jogo, criando com D'alessandro e Lucas Lima e chegando facilmente na área do São Paulo. Tanto era a pressão que o colorado exerceu sobre o time da casa que o gol não demorou a sair. Fabrício cruzou e Dagoberto marcou um golaço! 1 x 0.

Tudo corria bem até meados 20 minutos de partida, quando tomamos o gol. O time se desestruturou completamente, ficando perdido em campo. Não havia mais criação de jogadas e começamos a correr atrás da bola. A marcação enfraqueceu e perdemos totalmente o foco no jogo. D'alessandro levou seu amarelinho clássico e fomos para o vestiario.

Aposto que Fernandão não falou nada com os jogadores, pois eles voltaram para o 2º tempo do mesmo jeito.. O São Paulo continuava dominando, mas o Inter tentav…

Fazendo o simples

Durante a semana, alguns torcedores cobraram do time coisas que são essencias para que uma equipe saiba jogar futebol. São elas: raça, vontade, atitude e o principal - um bom esquema de jogo. O time de Fernandão não tinha nada disto, mas o time que nós colorados queríamos, tem.

Apenas dois volantes, apenas dois zagueiros (sendo um, Moledo) e dois jogadores de meio-campo (sendo um, D'ale). Sem invenções malucas e sem nexo algum. O time precisa de um esquema leve, que ajude os jogadores, fazendo com que eles criem jogadas mais incisivas. E o Inter jogou justamente assim, leve, livre e muito solto. (Se tem uma zaga que é pior que Índio e Bolívar juntos é a do Flamengo).

E Muriel nos deixou com o coração na boca! Que falha grotesca! Quando a situação está ruim, tende a ficar pior. Mas, apesar da falha, apoio Muriel. Cá entre nós, ele é um bom goleiro. Mas, 1 x 0 Flamengo.

Forlán estava bem aberto na direita e jogando bem. Era o dia propício para o colorado vencer com Forlán desencant…