terça-feira, 31 de maio de 2011

Incertezas

Pressão. É o que rodeia o Beira-Rio. Desde a eliminação da Libertadores e um início de campeonato ruim, a direção colorada já recebe pedidos de demissão de Falcão, mesmo com o título gaúcho. E são vários os motivos que a imprensa começa a apontar:

1º: A expulsão de D'alessandro e Juan no treino, por uma razão, até então, desconhecida pelos próprios jogadores.
2º: O não ganho de confiança de nossa estrela maior: Andrés D'alessandro.
3º: As polêmicas citações de Falcão a respeito do grupo Colorado: 'Não temos grupo em condições de vencer o Brasileiro'.
4º: As mudanças frequentes de esquemas táticos, o que irrita por demais a torcida alvi-rubra.
5º: Por dizer que Oscar tinha que ganhar mais massa muscular.
6º:
E, é óbvio, as reinvidicações da massa colorada no Beira-Rio.

O treinador fica no comando do Inter no domingo, isso é fato. Depois disso, Falcão pode começar a balançar no cargo se não conseguir o resultado esperado fora de casa. Ele está, a exatamente, 51 dias no comando e não mudou muita coisa. A expulsão de D'ale no treino é uma incógnita, ninguém sabe porque, e ele mesmo disse 'não aguentar mais isso'. É certo de que confiança, Falcão ainda não conseguiu ter de nosso camisa 10.

Dizer que o time não tem condições de ganhar o Brasileiro, é a mesma coisa que dizer que o time é 'horrível', o que não é verdade. Precisar de reforços é uma coisa, ter um time ruim é outra bem diferente. O Inter tem muitas estrelas em seu grupo, mas precisa de reforços. Imediatos. Mas o time não é 'horrível' não, Senhor Falcão.

O esquema tático que mais se adequa ao grupo do Inter, hoje, é o 4-4-2. Sem discussão. Já passamos da hora de enterrar de vez, esse tal 4-5-1.

Quanto a Oscar ganhar massa muscular é piada. Piada, pois na situação em que estamos, não é hora de frescuras. Ele joga muito bem com o corpo que tem. Não é momento de deixar o garoto na reserva por causa de bobeira.

As reinvidicações continuarão acontecendo, enquanto incertezas morarem no vertiário colorado. Incertezas, que podem ser resolvidas, sem polêmicas, sem vaias e sem discussões. Mas no momento, não vejo ninguém se mexendo pra mudar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa fanpage!