domingo, 31 de julho de 2011

D'Alessandro: "O que a arbitragem faz com o Inter não existe"

Terminou com confusão o empate sem gols entre Inter e Atlético-GO, no Beira-Rio. O árbitro Jaílson Macedo Freitas encerrou a partida antes de uma cobrança de falta de Klebee, sendo que ele havia anunciado mais um minuto de acréscimo. Os jogadores do Inter foram à loucura. Depois de cercar o árbitro e reclamar veementemente, e protestaram ao deixar o campo.

"O que a arbitragem faz com o Inter não existe. Não pode acabar o jogo assim. Vai fazer isso no campo do Flamengo, no campo do São Paulo, para ver o que acontece", esbravejou D'Alessandro.

"Nunca vi isso na regra", afirmou o lateral Kleber, que bateu a falta na trave.

Além dos jogadores, uma torcedora invadiu o campo para protestar. A jovem correu em direção ao árbitro aos gritos: "O Campeonato Brasileiro é uma vergonha". Ela foi contida e retirada de campo pela Brigada Militar.

O curioso é que, ao marcar a falta, aos 47 minutos do segundo tempo, o árbitro havia sido cercado pelos jogadores do Atlético-GO, que pediam o fim do jogo. Depois de se desvencilhar do time visitante, Jaílson sinalizou ao quarto árbitro que daria mais um minuto de acréscimo. A placa subiu informando o aumento do desconto. A barreira foi formada, e quando Kleber se encaminhava para a bola, ele apitou o fim da partida. Patético.

Fonte: Correio do Povo

É por isso que falam: ROBALHEIRÃO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa fanpage!