sábado, 14 de abril de 2012

D'ale rege a classificação!

Nem Dátolo salvou o péssimo 1º tempo que o Inter fez em uma partida aparentemente fácil. Que horror esse Elton meus Deus! E o Gilberto então? Fez o 1º gol, mas sem comentários. Damião apagão total.

Mas a estrela estava no banco, e todos esperavam ansiosos pela volta do brilho que dá vida a este time. E o 2º tempo se transformou na reação "esquerdinha colorada". Com D'alessandro em campo e a bola finalmente no chão, de passe em passe havia uma chance de gol. Dátolo se entrosou rapidamente com D'ale, criando aos olhos do adversário a visão do inferno.

Nei, em uma grande jogada, abriu passagem para o 1º gol colorado. Com chute forte de Dátolo, e rebote do goleiro, Kléber cruzou, Damião tocou e Gilberto completou. 1 x 0. Isso aos 15 minutos, onde o colorado se encontrava completamente influenciado pelo futebol de D'alessandro.

No semblante de Damião, a insatisfação consigo mesmo era visível. Ao marcar o 2º gol, com belo passe de Jajá, não aguentou e tirou a camisa, parecendo lavar a alma naquele momento, que é sempre difícil para um centroavante. Extremamente cobrado, Damião não é mais o mesmo do ano de 2011. O que aconteceu? Bem, não se esquece de como joga futebol.

E voltando a nossa estrela camisa 10, que cobrou perfeitamente o pênalti sofrido por Damião, caiu nas graças da torcida, com um sorriso que deu pra ver até de costas. Que saudade misturada a alívio de vê-lo de volta!

E é isso, os trancos e barrancos do 1º tempo contrastando com a maestria de Andrés no 2º. Estamos na semifinal. Com nosso meio-campo esquerdinha, chegamos lá. Agora é Libertadores e seus gramados sintéticos irritantes.

Até!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa fanpage!