quinta-feira, 19 de julho de 2012

Falta tudo

A noite infeliz que tivemos ontem passa por demasiados motivos, que muitos conhecem e poucos discutem. Além da burrice marcante de nosso técnico, ficamos no prejuízo com a infantil postura de um ídolo, camisa 10 e capitão. Tudo poderia ter sido diferente, se não fosse episódios que, durante a semana, abalaram nosso time.

Antes de falar do jogo de ontem, quero comentar o caso de Nilmar. Sim, ele está no Catar e longe do Beira-Rio. Existem muitos culpados para tal acontecimento, mas a direção do Inter (pobre, pobre) não foi capaz de trazê-lo. Me desculpem, mas eu acompanhei todas as negociações e sei que o "esforço" do Inter não foi o suficiente. Nilmar tem 28 anos e queria voltar. Demonstrou isso o tempo inteiro. Duvido que o Inter não podia bancá-lo. EU DUVIDO!

Bom, voltando ao jogo, quero dizer que se Bolatti estivesse no meio-campo o time teria maior consistência ofensiva e defensiva. O time do Atlético foi superior por quase todo jogo e o argentino ajudaria muito o time, principalmente depois que D'ale foi expulso. Seria uma ajuda e tanto. Mas, graças ao nosso "técnico", o volante será emprestado e está totalmente descartado dos planos colorados. LAMENTÁVEL!

D'ale estava nervoso quando entrou no campo. Era perceptível. Fato que um cartão ele levaria, isso eu não duvidava. Cartão vermelho me surpreendeu. O Juiz quis impôr sua autoridade e sabendo do jeito explosivo de nosso camisa 10, tirou do bolso o cartão da cor de nossa camisa. Era o fim. Eu sabia, porque tínhamos perdido o cérebro do time, aquele que, em um dia bom ou ruim, pensa em tudo. Foi infantilidade, ele não devia ter reclamado, sabendo que fez a falta. Mas esse é D'alessandro, vocês sabem. E não adianta falar que ele não tá jogando nada e que tem que tomar chá de banco. O time precisa dele e muito. Falta mais calma para o camisa 10. Ele assumiu sua responsabilidade e sabe do que tem que fazer daqui pra frente. O cara tem 31 anos, pelo amor de Deus!

Quanto aos moleques que estiveram dentro de campo, digo que Otávio tem futuro. Ele é bom. Os outros, mesmo Fred que fez o gol, precisam de mostrar mais. Fizeram aquilo que podiam fazer. O time do Atlético está ajustado e foi dificílimo os guris jogarem. Dorival colocou o que tinha no banco, ou seja, nada de bom.

Dorival não é técnico para o Inter, a torcida inteira sabe disso e não vou ficar escrevendo aqui coisas que todos já leram e sabem. A direção é lenta, não trouxe o Nilmar, Oscar não volta e Damião irá embora em Agosto. Essa mania de nossa direção em mexer no time todo no meio do ano não deixa o Inter vencer o Brasileirão. Todos sabem disso, menos os chefões.

Perdemos mais uma, e estaria feliz com a derrota se Dorival fosse pra rua hoje, o que não aconteceu. Forlán e Juan tem que estrear logo, Dátolo tem que voltar depressa e D'alessandro precisa aprender a se acalmar. Está faltando um pouco de tudo no time. Até um técnico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa fanpage!