domingo, 20 de outubro de 2013

O Grenal e ... falta para o Grêmio

Foto: Alexandre Lops / Divulgação Inter
O clássico dos clássicos, o jogo que faz o sul do país simplesmente parar, o momento que coloca à prova o sentimento do verdadeiro torcedor colorado e gremista. É uma partida mágica, pois GreNal envolve mais que futebol. Nesta tarde, o Inter recebeu seu rival no Centenário e, empurrado pela torcida, deixou de lado o marasmo ao jogar o futebol da raça e da vontade.

A ofensividade colorada foi o marco inicial da peleia em Caxias do Sul. Guardado em um baú empoeirado, o ataque vermelho renasceu e mostrou sua força já no começo da partida. O time estava compactado e em seu próprio campo de defesa, marcou bem o rival - destaque para João Afonso e sua vontade de sangue novo. Falta para o grêmio.

Logo aos 5 minutos o Inter abria o placar, com bela jogada de Otávio e finalização de Willians - o cara dos desarmes certeiros, porém dos passes errados - 1 x 0. Falta para o grêmio. A superioridade colorada permitia que os jogadores trocassem passes envolvendo os gremistas pelo meio de campo. Algumas investidas azuis que não levaram perigo, nosso time estava focado no jogo. Falta para o grêmio.

O empate gremista veio no final do primeiro tempo, em burrice antológica de Jackson ao marcar um gol contra. Acredito que nunca xinguei tanto na vida. 1 x 1. Falando nisso, falta para o grêmio.

É realmente belo ver o entrosamento de D'alessandro e Otávio, a experiência ao lado da juventude protagonizando belas jogadas para o colorado. Dá gosto de ver! Falta para o grêmio.

Os dois times vieram diferentes para a segunda etapa. O Inter recuou sua marcação antes adiantada e chamou o grêmio para seu campo de defesa. Assim como começou o primeiro tempo, logo o gol saiu, aos 7 minutos, o gol da virada dos gremistas. 2 x 1.

Bom, o jogo... Falta para o grêmio. Falta para o grêmio. Falta para o grêmio. Falta para o grêmio. Falta para o grêmio. Falta para o grêmio. Falta para o grêmio. Falta para o grêmio. Falta para o grêmio. Falta para o grêmio. Falta para o grêmio. Sim, o juiz é gremista.

Para a minha geração, grenal sem gol do D'alessandro não é grenal. Aos 14 minutos, o camisa 10 foi derrubado pelo zagueiro gremista e de pênalti empatou a partida no Centenário, fazendo a torcida colorada pular e cantar mais do que o normal - coisas que só D'ale consegue.

O grenal 398 continuou movimentado com as duas equipes buscando o gol da vitória. Falta para o grêmio. Porém, o maior clássico do país terminou empatado novamente.

Otávio saiu por cansaço e a entrada de Forlán foi providencial - ajudou no ataque em busca do empate. Rafael Moura só vi mesmo na hora que entrou, continua não acrescentando em nada. Caio segue com sua velocidade que não o leva a lugar algum, o chamado "corre pra não chegar". Tem muito de Clemer nesse time, principalmente na questão de organização e marcação vistas mais claramente no primeiro tempo.

Uma das coisas mais divertidas no futebol é a corneta, desde que ela faça sentido. D'alessandro mitou ao dizer que "tem time que olha de binóculo, mas também tem time que precisa de fita VHS para relembrar título." Beijo, Renato Gaúcho!

Agora é foco na Copa do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa fanpage!