domingo, 21 de julho de 2013

Um detalhe chamado Juan

Foto: Marcelo Oliveira/Agencia RBS
O mais disputado duelo do domingo foi sem dúvidas em Caxias do Sul. Com muito frio e marcação forte das duas equipes, o jogo se encaminhava a todo tempo para um empate. Porém jogos muito disputados tendem a ser decididos no detalhe. O nome deste detalhe? Juan.

O Inter começou bem a partida, ainda que com dificuldades de ultrapassar a marcação que o Flamengo já começava a impor. A lateral direita foi o setor onde o jogo se concentrou por muito tempo, com roubadas de bola de Gabriel e jogadas do mesmo com D'alessandro. O argentino, muito bem marcado, teve dificuldades na criação de jogadas, logo as laterais foram muito acionadas.

Foram poucas finalizações, tanto na primeira quanto na segunda etapa. Na volta do vestiário, Gabriel deu lugar a Ednei e seus cruzamentos que fazem brilhar os olhos de qualquer colorado. O Inter entrou mais enérgico, disposto a tentar tudo pela vitória. Willians e Josimar se destacaram, o primeiro pelas roubadas de bola e o segundo pelos chutes a gol.

A entrada de Damião deu referência ao time que buscava jogadas nas laterais, tendo como alternativa os cruzamentos de ambos os lados do campo. Na base da garra o colorado seguiu no ataque, pressionando e tentando furar o bloqueio do time carioca.  Nos minutos finais, em bom cruzamento de Ednei, a zaga do Flamengo cortou mal e a bola sobrou para Juan marcar contra seu ex-clube. 1 x 0 e vitória do Internacional!

Juan não foi importante apenas no gol que nos rendeu 3 pontos na tabela. Ele foi o importante marcador de Marcelo Moreno (mais um ex-gremista), anulando completamente o atacante adversário que teve apenas uma chance de gol durante todo o jogo. 

Mérito ao zagueiro, mérito ao treinador, mérito ao time. Vê-se uma intensa vontade e sede de vitória que lá na frente fará muita diferença. Alex e Scocco estão vindo ai. Muita coisa ainda está pra acontecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa fanpage!