sábado, 4 de agosto de 2012

Luta em conjunto

Com todos esses desfalques e jogando fora de casa, víamos que o jogo podia ser bem ruim para nós. O fato é que tudo foi o contrário do que pensamos - o colorado jogou muito bem e manteve uma postura admirável (principalmente no 1º tempo). Bom, tudo vem de Fernandão.

Mantendo um certo equilíbrio entre ataque e defesa, o time do Inter conseguiu anular variadas vezes a zaga do Palmeiras, principalmente com Jajá e Forlán, este último que perdeu muitos gols hoje. Destaques do 1º tempo, Jajá jogou muito bem, Guiñazú como sempre, Forlán em uma movimentação brilhante e, é claro, Ygor que marcou o gol de nossa vitória nesta noite. Detalhe: o futebol seguro e competente de Ygor chama minha atenção. Fernandão confia muito nele, isso é perceptível. Merecido gol.

Era para ter sido ser 2 x 0 para o Inter, mas sabemos como a arbitragem brasileira erra mesmo, por isso nem vou comentar muito. Não vale a pena.

No 2º tempo, Felipão mexeu em seu time e o colocou um pouco mais para frente (já que não tinha jogado nada na primeira etapa). Fernandão manteve a postura ofensiva, mas o time recuou um pouco também. Jajá e Forlán sentiram cansaço e o colorado perdeu muito seu força de ataque. Me surpreendi com as alterações, nem esperava que Rodrigo Moledo voltasse hoje. Como bom zagueiro que é, chamou a responsabilidade para sí e afastou todas as bolas que chegavam dos ataques palmeirenses. Marcos Aurélio entrou e eu nem o vi em campo. Ainda não entendo o motivo de Fernandão confiar no trabalho de Marcos Aurélio, sendo que ele não corresponde às nossas expectativas.

Muriel também é outro que merece destaque, juntamente de Índio, que não deixou Obina e Barcos em paz.

O caminho é este. Temos problemas que são claramente visíveis para se formar uma boa equipe. Hoje conseguimos uma vitória importantíssima e a dedico à Fernandão, que está sabendo montar o time sem nos causar prejuízos. As peças de reposição não chegam ao nível de D'alessandro, Dátolo, Damião e Dagoberto, claro que não. Mas o futebol competente não precisa ser bonito. Adotamos agora a luta em conjunto, de um time que sabe que pode chegar lá.

Foto: Alexandre Lops

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa fanpage!