domingo, 2 de outubro de 2016

Teu povo não vai te deixar cair

Gigante pela própria natureza. | Foto: Félix Zucco
O aplicativo do celular notificou o gol, mas o delay da TV adiou minha comemoração. Depois de exatos 60 segundos pude sentir. E senti em dobro. Vitinho libertou o grito de gol entalado em minha garganta, resgatou a emoção perdida durante a temporada, soltou as lágrimas de alívio e inundou meu coração de alegria. Enquanto a torcida cantava no Beira-rio, eu aqui de Minas repetia baixinho: "o Inter não vai cair, o Inter não vai cair".

Se os jogadores não sabiam do que se tratava, a torcida se pôs a explicar. São em momentos como este - em que a bola se recusa a entrar, em que o grito de gol não é ouvido e que o passe nunca chega - é que o torcedor entra em cena para fazer a diferença. O que se viu no Beira-Rio foi o ensinamento de como ser do Inter. 

Ser do Inter é entender que nunca é apenas um jogo de futebol. Durante uma temporada inteira, aquele que não se dedicar não terá êxito por aqui. Com o Inter é na base do sofrimento, da angústia, da insistência e do suor. A torcida precisava lembrar aos jogadores que eles não defendem qualquer clube de futebol, eles defendem a grandeza interminável do Sport Club Internacional.

A gente sabe o quanto pode ser trabalhoso vestir essa camisa em tempos difíceis, pois ela transborda tradição. A gente entende que quando o fardo é demais, dá vontade de jogar a tolha e desistir. Mas é por isso que somos do Inter - pois o orgulho de pertencer 107 anos à primeira divisão é mais forte que qualquer obstáculo que podemos enfrentar.

A carga de energia que a torcida deu ao time na noite deste sábado fez valer a pena os 90 minutos de oração. Os colorados merecem mais do que títulos e grandezas, merecem reconhecimento - o Inter só é gigante porque sua torcida o fez assim.

Luzes brilham e ofuscam os olhos dos rivais. Não adianta torcer contra quando nosso amor canta mais alto. A vitória só comprovou que o Inter não é 11 jogadores em campo, o Inter é seu torcedor com sua incalculável paixão. A voz do Beira-Rio se fez presente para deixar claro que o Inter não vai cair. Nós ficaremos, resistiremos, pois pertencemos à serie A. 

Só o amor do torcedor pode reerguer um gigante enfraquecido. O Inter não é dirigentes, políticos, chapas e tudo mais que a gente critica todo dia. 

Nós somos o Inter.

O Inter somos nós.

Curta nossa fanpage!